WHITLEY AWARD

A instituição foi premiada em 2022 com o prêmio Whitley (Whitley Award), sendo representada por seu diretor executivo e um dos fundadores, o engenheiro florestal Pablo Hoffmann. O prêmio é considerado o de maior impacto em conservação da natureza no mundo, popularmente conhecido como o Oscar da Conservação.

 

Realizado anualmente pelo Whitley Fund for Nature (WFN), instituição filantrópica do Reino Unido, fundada em 1994 por Edward Whitley, apoia líderes de conservação em todo o hemisfério sul. As análises para as premiações são criteriosas, envolvem um logo processo de inscrição, análise de diversos aspectos dos projetos e entrevistas.

 

Durante seus 29 anos de existência o prêmio já repassou mais £19 milhões para mais de 200 conservacionistas de 80 países. Além de um financiamento de projeto, os vencedores também recebem treinamento de mídia e discursos e são reconhecidos por suas contribuições extraordinárias para a conservação da vida selvagem, tendo seus trabalhos divulgados internacionalmente.

Pablo Hoffmann recebeu o prêmio da Princesa Real Anne Elizabeth Alice Louise, promotora do evento, em Londres, na Royal Geographical Society. O projeto da Sociedade Chauá patrocinado pelo prêmio irá ampliar esforços na produção de mudas de espécies ameaçadas de extinção e ainda destinará mais de 60 mil mudas para projetos de instituições parceiras, ajudando consideravelmente na restauração da Floresta com Araucária.